Palestina, a eloquência do sangue – de Rogério Ferrari

O vídeo compõe um impactante e sóbrio experimento audiovisual realizado a partir das fotografias de Rogério Ferrari feitas na Palestina ocupada, em 2002. O áudio é composto unicamente pelo som ambiente registrado pelo fotógrafo durante os momentos em que fotografava. Edição e montagem: Aline Frey, Marcelo Matos, Rogério Ferrari.

Rogério Ferrari, nascido em Ipiaú, Sul da Bahia, trabalha como fotógrafo independente desenvolvendo o trabalho Existências-Resistências, tema que retrata a luta por terra e autodeterminação de diferentes povos e movimentos sociais.

O trabalho evidencia, através das imagens, publicação de livros, debates e exposições fotográficas, o lado desconhecido de conhecidos conflitos: Palestinos sob ocupação israelense; Curdos, na Turquia; Zapatistas no México; Movimento dos Sem-Terra no Brasil; refugiados palestinos no Líbano e na Jordânia; refugiados Saarauis no deserto do Saara e nos territórios ocupados pelo Marrocos; Mapuches no Chile, e os ciganos no Bahia.

Anúncios

Uma resposta em “Palestina, a eloquência do sangue – de Rogério Ferrari

  1. Pingback: “Muros” – uma ideia processo de curta-metragem | arte__documento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s