Cine Odé – Cinema no Terreiro: programação de fevereiro

Captura de Tela 2016-02-12 às 13.57.38Em fevereiro, as sessões do Cine Odé – Cinema no Terreiro acontecem nos dias 27 e 28 (sábado e domingo, respectivamente), sempre às 17 h.

No sábado, dia 27, serão exibidos os curtas “Abá”, de Raquel Gerber; e “A Umbanda é Mogibá”, Adilene Cavalheiro e Carlos Carvalho Cavalheiro. Essa sessão contará com a presença de José Nazal, profundo estudioso da história religiosa da cidade de Ilhéus. No domingo, dia 28, será exibido o longa “A Cidade das Mulheres”, de Lázaro Faria.

A entrada é gratuita. Para facilitar o acesso ao Terreiro de Odé, local da Mostra, o Cine Odé oferece um veículo para levar e trazer os interessados até o ponto de ônibus próximo. Para informações, ligue (73) 98110-5773.

SOBRE OS FILMES de fevereiro:

SÁBADO, 27 fev:

Captura de Tela 2016-02-16 às 12.17.14“ABÁ” (1992, 4min), de Raquel Gerber, cineasta, socióloga, historiadora e escritora. ABÁ  significa esperança de paz espiritual. Significa também encontro. A crença na “luz” e a chegada ao estado da contemplação. Na religião do “Candomblé” os movimentos exprimem conexões com forças naturais como a água, o fogo, a terra, o vento. É portanto uma união da essência, da energia e do espírito, três grandes suportes da vida. O filme sugere o mistério, tenta tocá-lo e conhecer os efeitos da comunicação do Universo com o homem.

Captura de Tela 2016-02-16 às 12.20.59“A Umbanda é Mogibá” (2010, 29min). Dirigido por Adilene Cavalheiro e Carlos Carvalho Cavalheiro, o documentário registra aspectos da Umbanda, que mistura matrizes étnicas africana, indígena e européia. Refletindo sobre a história e a cultura euro-afro-ameríndia na construção de uma religião que traz em si a alma da cultura brasileira, o filme traz entrevistas de líderes e participantes dos primeiros grupos umbandistas em atuação ainda hoje, na cidade de Sorocaba, além de pesquisadores do assunto.

DOMINGO, 28 de fev:

Captura de Tela 2016-02-16 às 12.16.47“A Cidade das Mulheres” (2005, 71min) é um filme documentário produzido e dirigido por Lázaro Faria. Tem como protagonista Mãe Stella de Oxóssi, a ialorixá do Ilê Axé Opô Afonjá, e é uma homenagem à antropóloga americana judia Ruth Landes (falecida em 1991) autora de “The city of women” (A Cidade das Mulheres), escrito em 1939, pontuando a vida digna e verdadeira das mulheres de terreiro da Bahia conhecidas por mulheres do partido alto. Foi vencedor, em 2005, do prêmio “Tatu de ouro” e do prêmio BNB.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s