A sessão de abril do Cine Odé emocionou o público

Captura de Tela 2016-05-09 às 19.40.10A Mostra de filmes Cine Odé – Cinema no Terreiro realizou neste mês de abril sua quarta edição mensal. A mostra, cuja proposta é tornar o Terreiro de Odé – que se situa no Alto do Basílio, em Ilhéus – em um espaço cultural voltado para o cinema, começou em janeiro e vai até junho. A próxima edição, a de MAIO, acontecerá nos dias 28/5 e 29/5. Os filmes serão divulgados nos próximos dias.

Em abril, as sessões aconteceram nos dias 30 de abril (sábado) e 1 de maio (domingo), apresentando os filmes “Mestres da Cura”, filme coletivo do Projeto Alecrim; “A Boca do Mundo – Exu no Candomblé”, de Eliane Coster, e o consagrado longa “O Pagador de Promessas”, escrito e dirigido por Anselmo Duarte e baseado na peça de Dias Gomes. Foi a sessão mais marcante. O filme emocionou os presentes e revelou a forte relação entre o sagrado do mundo e a experiência de ver um filme.

Captura de Tela 2016-05-09 às 19.24.19

Conversa do público após a sessão de “O Pagador de Promessas” no Terreiro de Odé.

No filme, Zé do Burro, interpretado por Leonardo Vilar, faz uma promessa à Santa Bárbara num Terreiro, mas que será cumprida na Igreja, situação que gera um conflito religioso e enseja um drama individual e social. Ver o filme num Terreiro, um espaço voltado para a espiritualidade, já impacta. Mas vivenciar o drama de Zé do Burro junto com tantas pessoas que, naquele espaço sagrado do barracão, se identificam de perto com as questões do filme nos recoloca diante do cinema: na sessão do consagrado “O Pagador de Promessas”, o terreiro e o cinema dialogaram muito de perto. Pessoas que nunca tinham ido ao cinema viram o filme, tal como no cinema, num ambiente de imersão e magia.

A convidada especial da sessão foi Daniela Galdino, professora, poeta, escritora e performer de Itabuna. Primeiro ouvindo e depois, em meio a sua fala sobre o filme, Daniela teceu provocações que animaram ainda mais a conversa, marcada por intensa participação.

Captura de Tela 2016-05-09 às 19.24.26

Daniela conversa com o público.

Os realizadores e curadores da mostra são Fabrício Ramos e Camele Queiroz, cineastas independentes baianos que escolheram exibir uma ampla e diversificada cinematografia baiana e brasileira, que inclui filmes consagrados até vídeos descobertos no Youtube, desde que as temáticas se liguem à valorização e ao conhecimento das culturas religiosas brasileiras de matrizes africanas e indígenas.

Para acompanhar a Mostra Cine Odé, curta a página no Facebook (clique aqui). Veja as fotos da sessão de abril na galeria de fotos (clique aqui).

O Cine Odé disponibiliza uma van exclusiva do projeto para facilitar o acesso do público ao local da mostra. Mais informações pelo telefone  (73) 98110-5773.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s