“Quarto Camarim” está em cartaz na Saladearte – Cinema da UFBA até 10 de abril

Depois de vinte e sete anos sem contato, a diretora baiana Camele Queiroz reencontra sua tia Luma, que é travesti, trabalha como cabeleireira e vive em São Paulo. Dramas familiares e conflitos sobre aceitação são temas que aparecem em “Quarto Camarim”.

O filme permanece em cartaz até 10 de abril na Saladearte da UFBA, que oferece preços subsidiados para estudantes de Escolas e Universidades da rede pública.

Quarto Camarim

Depois de vinte e sete anos sem contato, a diretora baiana Camele Queiroz reencontra sua tia Luma, que é travesti, trabalha como cabeleireira e vive em São Paulo

“Quarto Camarim”, filme de Camele Queiroz de Fabricio Ramos, está em cartaz na Saladearte – Cinema da UFBA, com sessões diárias às 18h50.

Dramas familiares e conflitos sobre aceitação são temas que aparecem em “Quarto Camarim”. O filme mostra o processo de reaproximação entre a própria diretora e a sua tia, de quem ela não tinha notícias desde muito pequena: “eu me lembro do salão de meu tio Roniel”, diz a diretora, “que na verdade funcionava num quarto da casa de minha avó Aurora, em Feira de Santana”.

O seu “tio” da infância agora se chama Luma Kalil. Ela continua trabalhando como cabeleireira, mas também faz performances dublando canções de grandes estrelas e vive em São Paulo há vários anos, depois de…

Ver o post original 451 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s