O CUAL – Coletivo Urgente de Audiovisual – participa do terceiro webdoc do Canal Bahiadoc

O terceiro webdoc do Canal Bahiadoc traz um encontro com o CUAL – Coletivo Urgente de Audiovisual, que pensa o cinema realizando filmes a partir de uma dinâmica de cooperação, que abrange desde a concepção do roteiro até à exibição dos filmes nas mostras abertas CUAL, passando pela realização de debates sobre contextos diversos que relacionam cinema e política, e realizando oficinas de audiovisual, inclusive no interior do Estado, ampliando as experiências para além do próprio grupo.

O doc “hera” foi apresentado ao público de Feira de Santana no Aberto CUCA 2012

O documentário “hera” (2012), realização independente do Bahiadoc, foi exibido no Teatro do Centro Universitário de Cultura e Arte de Feira de Santana, como parte do Aberto CUCA 2012.

No ar o segundo webdoc do Canal Bahiadoc

Confira o segundo webdoc do Canal Bahiadoc, que realiza uma série de seis webdocs que trarão encontros com realizadores baianos.

Projeto Canal Bahiadoc grava novo ciclo de conversas com realizadores baianos

Continuando as filmagens do Canal Bahiadoc, que realiza uma série de seis webdocs para difusão via internet abordando temáticas ligadas às artes visuais e cinematográficas na Bahia, conversamos com os realizadores Walace Nogueira, Mônica Simões (que muito gentilmente nos enviou seu depoimento em vídeo) e Isana Pontes – completando a pauta do dois primeiros webdocs que trazem conversas com realizadores baianos que viabilizaram projetos através do programa DOCTV na Bahia.

Confira o primeiro vídeo do projeto Canal Bahiadoc

O primeiro vídeo da série canal Bahiadoc traz conversas com os realizadores que viabilizaram projetos através do Programa DOCTV na Bahia, discutindo a importância de programas públicos de incentivo à produção e a prática do documento audiovisual.

editorial: Bahiadoc – arte documento movimento

Cinema e vídeo de baixo custo e alta qualidade, seja como for, calcado na vontade de fazer, no enfrentamento dos desafios, no encantamento da beleza, no esforço criativo desinteressado, na atitude colaborativa e na inventividade do cotidiano – eis o movimento que o Bahiadoc – arte documento quer ver acontecer.