“Muros” e “Profissão de vaqueiro” são exibidos no Fórum Social Mundial 2018

Como parte da programação do Fórum Social Mundial 2018, que acontece em Salvador, serão exibidos, no evento “A Cidadania e a Identidade Social”, dois filmes dirigidos pelos cineastas Camele Queiroz e Fabricio Ramos: “Muros” (24min, 2015), que estabelece uma relação entre Brasil e Palestina a partir do olhar do fotógrafo Rogério Ferrari; e “Regulamentação daContinuar lendo ““Muros” e “Profissão de vaqueiro” são exibidos no Fórum Social Mundial 2018″

“Muros” será projetado na fachada do Forte Santa Maria

Curta-metragem “Muros” será projetado na fachada do Forte Santa Maria (Porto da Barra), durante a inauguração da expo “Nosoutros”, de Rogério Ferrari. Sexta (dia 20/10), às 18h. O curta “Muros” será projetado na fachada do Forte Santa Maria, no dia 20 de outubro, às 18h, na inauguração da exposição “Nosoutros”, do fotógrafo Rogério Ferrari, queContinuar lendo ““Muros” será projetado na fachada do Forte Santa Maria”

MUROS na sessão Cineclube do I Encontro Arte Sociedade em Salvador

MUROS, filme de Fabricio Ramos e Camele Queiroz, participa do Cineclube do I Encontro Arte Sociedade, que acontece em Salvador de 27 a 29 de abril de 2016. A exibição, com a presença dos diretores, será no dia 27 de abril, a partir das 18h30, na Biblioteca Pública dos Barris – Sala Alexandre Robatto. O evento é gratuita.

Na Cisjordânia: “As favelas brasileiras ocupadas me vinham à mente” (Caetano Veloso)

É impossível, para nós, não colocar o MUROS como um filme que dialoga com sentimentos que Caetano aborda no seu texto. Em visita à Cisjordânia junto com Gilberto Gil, ele diz: “As favelas brasileiras ocupadas me vinham à mente. (…) Era impossível não fazer paralelo com situações que vivemos no Brasil.” (CAETANO)

Entrevista com Rogério Ferrari, fotógrafo baiano que convive com povos em luta

Há vários anos, Rogério Ferrari retrata a luta por autodeterminação de diversos povos pelo mundo, buscando refletir sobre o lado desconhecido de conhecidos conflitos: Palestinos sob ocupação israelense e em campos de refugiados no Líbano, na Síria e na Jordânia; Curdos, na Turquia; Zapatistas, no México; Saharauís no norte da África; Ciganos no interior daContinuar lendo “Entrevista com Rogério Ferrari, fotógrafo baiano que convive com povos em luta”