Entrevista com Rogério Ferrari, fotógrafo baiano que convive com povos em luta

Há vários anos, Rogério Ferrari retrata a luta por autodeterminação de diversos povos pelo mundo, buscando refletir sobre o lado desconhecido de conhecidos conflitos: Palestinos sob ocupação israelense e em campos de refugiados no Líbano, na Síria e na Jordânia; Curdos, na Turquia; Zapatistas, no México; Saharauís no norte da África; Ciganos no interior daContinuar lendo “Entrevista com Rogério Ferrari, fotógrafo baiano que convive com povos em luta”

Em São Paulo, Expo “Nosoutros” reúne fotografias de Rogério Ferrari relacionando Salvador e Palestina

Permanece até dia 11 de setembro de 2015, na Matilha Cultural em São Paulo, a Expo Fotográfica “Nosoutros”. Realizada pela Mostra Mundo Árabe de Cinema, a expo relaciona os campos de refugiados palestinos com os bairros periféricos de Salvador, reunindo fotografias de Rogério Ferrari tiradas durante as filmagens de “Muros” e de suas vivências anteriores na Palestina, Líbano e Jordânia.

Rogério Ferrari, guerrilheiro de imagens – Por Paulo Magalhães

“Sou sertanejo, sou nordestino, sou sem teto, sem terra, sou vaga-lume na cidade
grande, sou adolescente nas minas de carvão; sou África, Ásia e América Latina”. É desta
forma que Rogério Ferrari, considerado um dos mais interessantes fotógrafos engajados da atualidade, expressa a sua arte há quase duas décadas, documentando conflitos, culturas e as lutas concretas dos povos e dos movimentos sociais de várias partes do mundo.